English     Português

Gerenciamento Energético e o cuidado com o meio ambiente

O funcionamento de um edifício exige um considerável gasto de energia. Segundo o Balanço Energético Nacional, realizado pelo Ministério de Minas e Energia, aproximadamente 40% da energia elétrica produzida no Brasil é consumida pelas edificações residenciais, comerciais e do setor público.

Para além do impacto financeiro, o consumo de energia também tem relação com a exploração do meio ambiente, visto que a geração de energia depende da utilização de recursos naturais.

Atualmente, as usinas hidrelétricas correspondem a mais de 64% da matriz energética nacional. As consequências do método são as grandes áreas de alagamento, desmatamento e alterações na estrutura dos rios.

Outra forma de geração de energia são as termoelétricas que utilizam combustíveis fósseis como carvão, gás natural ou derivados de petróleo. Essa produção não é renovável e ainda gera fumaça e polui o ambiente.

Uma solução inovadora para essa questão é a construção de green buildings. Projetados para oferecer eficiência energética, possui uma grande taxa de retorno financeiro a longo prazo. Eles são produzidos através de um processo integrado de concepção, implantação, construção inteligentes.

Um sistema de gerenciamento energético também é fundamental para poupar recursos naturais. O monitoramento contínuo e gerenciamento ativo podem englobar de 15% a 40% de economia energética.

A BEST (British Energy Saving Technology) é um serviço especializado no gerenciamento de energia em edificações. Através de uma plataforma integrada de monitoramento contínuo, é possível reduzir o gasto com luz e a emissão de carbono, proporcionando economia financeira e cuidado com o meio ambiente.

Quer aplicar toda essa tecnologia para a sua obra? Então traga a sua ideia para o Green Studio e ajude a proteger os recursos naturais do planeta.

Author avatar
Green Studio
https://www.greenstudio.com.br